Combate à corrupção

Compartilhar:

Corrupção é um ato ilícito que precisa ser energicamente prevenido e combatido por toda a sociedade. O termo corrupção vem do latim corruptus que significa quebrar em pedaços, é “o ato ou efeito de corromper alguém ou algo, com o objetivo de obter vantagens em relação aos outros por meios considerados ilícitos ou ilegais". Existem diferentes formas de corrupção, destacando-se suborno, propina, extorsão, concussão, improbidade administrativa, fraudes em concorrências e crimes contra a ordem econômica. Os impactos da corrupção são inúmeros, além das perdas financeiras, afeta a reputação das organizações, diminui a confiança no ambiente de negócios e prejudica diretamente a sociedade, pois desvia recursos que poderiam ser usados em benefício de todos.

As empresas devem assumir, publica e formalmente, o compromisso com a prevenção e o combate à corrupção, incentivando sua adoção inclusive na cadeia de valor. Esse compromisso deve explicitar, por exemplo, as medidas adotadas para prevenir o envolvimento ativo ou passivo em atos ilícitos; as normas internas e o arcabouço regulatório que rege o tema e as relações com o poder público; as áreas ou profissionais responsáveis por promover sua implementação; os mecanismos de monitoramento e fiscalização, auditoria interna e externa, do seu cumprimento e as medidas a serem adotadas em casos de descumprimento.

É essencial que a empresa engaje seu público interno, bem como seus parceiros comerciais, para alcançar este objetivo. Além disso, é necessário implementar processos que permitam acolher e encaminhar denúncias sobre todas formas de corrupção, como um canal confidencial para o recebimento de denúncias.


Perguntas do questionário ISE relacionadas ao tema

Desempenho das empresas em indicador relacionado ao tema


Esquecemos algo? Tem alguma sugestão sobre este texto?